Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Skip directly to content

Dourados terá investimentos de US$ 50 milhões com aprovação do Fonplata

Data: 
30/08/2022 - 20:52

Aprovada com unanimidade em votação no plenário, hoje (30), dia 30 de agosto, a Mensagem nº 54, de 2022, encaminhada pela Presidência da República ao Senado Federal, que autoriza o município de Dourados a contratar crédito de US$ 40 milhões junto ao Fonplata (Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata) para obras de infraestrutura e modernização do município. Além deste recurso, a Prefeitura entrará com uma contrapartida de US$ 10 milhões, totalizando US$ 50 milhões.

O financiamento vai permitir a promoção de melhorias na qualidade de vida da população por meio de ações em saneamento, meio ambiente, mobilidade e desenvolvimento urbano, infraestrutura administrativa e fortalecimento institucional no município de Dourados.

De acordo com o prefeito Alan Guedes, esse é um programa completo que levará Dourados a outro patamar.

"Serão majoritariamente investimentos em infraestrutura, drenagem e asfaltamento, mas também temos desenvolvimento institucional, cultural e dos povos indígenas. É um programa muito completo e eu tenho certeza que vai transformar nossa Dourados," explicou o prefeito Alan Guedes. Os investimentos ocorrerão ao longo de cinco anos, contados a partir da data de entrada em vigor do contrato.

Já o senador Nelsinho Trad, relator da matéria na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos), ressaltou o impacto que as mudanças trarão para a região. “Gostaria de registrar a presença do prefeito Alan Guedes aqui no plenário e registrar que para chegar a votação do senado, um empréstimo internacional há que se ter as contas públicas em ordem e isso foi um trabalho extraordinário da administração do prefeito Alan Guedes e gostaria de em nome dele saudar toda a equipe da prefeitura de Dourados, que souberam se organizar em um momento tão difícil da vida nacional, com crise e pandemia e saíram da classificação C para A. E também mencionar o apoio da Câmara Municipal de Dourados, porque se não tiver a autorização legislativa, esse empréstimo não chegaria na condição que estão hoje, sendo aprovado por nós”