Skip directly to content

Sala Multiuso na Assomasul expande atividades e agrega novas parcerias

Data: 
29/11/2018 - 09:45
Sala Multiuso construída na Assomasul (Foto: Edson Ribeiro)

Willams Araújo

Com inauguração marcada para o dia 7 de dezembro na presença de várias autoridades estaduais e municipais, a Sala Multiuso construída pela atual gestão, amplia o leque de atividades nas dependências da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), agregando assim novas parcerias institucionais.

O complexo tem 140 m2 e foi construído na sede da entidade municipalista, em Campo Grande, para atender aos prefeitos, secretários municipais, consórcios públicos municipais, associados que queiram utilizar o espaço para reuniões e parceiros institucionais, a exemplo do Confaz-M/MS (Conselho dos Secretários Municipais de Receita, Fazenda e Finanças de Mato Grosso do Sul), e do Cetran-MS (Conselho Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul).

A sala foi toda equipada com mobília com recursos próprios do Confaz-M/MS.

Trata-se de mais um compromisso assumido pelos membros da atual diretoria como parte de sua plataforma de gestão.

Para o presidente Pedro Caravina, o local funcionará como uma espécie de extensão das prefeituras visando auxiliar  os prefeitos, prefeitas e secretários municipais na busca de recursos para investimento em vários setores da administração pública, além de abrir mais um espaço para capacitação dos servidores. 

Sala Multiuso equipada nas dependências da Assomasul (Foto: Edson Ribeiro)

ESTRUTURA

Na sede da Assomasul, funcionam vários setores que dão suporte técnico e consultoria aos gestores públicos, com destaque para a Central de Projetos e um amplo auditório; departamentos de Educação (engloba comissões de Transporte e Merenda Escolar), Saúde e Economia (cuida dos repasses de FPM e ICMS, entre outros tributos municipais), além das salas destinadas aos consórcios públicos municipais.

Instalada nas dependências da entidade, o complexo visa prestar assessoria técnica aos municípios, principalmente os de pequeno porte que não têm condições de montar uma estrutura suficiente para encaminhar suas propostas aos órgãos públicos, em Brasília, a fim de obter a liberação de recursos.

Os casos envolvem obras de saneamento, urbanização de favelas e construção de moradias que muitas vezes deixam de ser executadas já que muitas prefeituras não possuem estrutura adequada para fazer os projetos e nem disponibilidade financeira para contratar técnicos que desempenhem essa tarefa.

“Trata-se de uma ferramenta importante para a elaboração de projetos de interesse de nossos municípios”, atesta o dirigente.

Sala Multiuso (Foto: Edson Ribeiro)

PLENÁRIO

O novo plenário, por exemplo, foi idealizado pelo corpo de engenheiros e arquitetos que compõe a Central de Projetos e serve para comportar um maior número de pessoas, sobretudo, proporcionar mais conforto aos gestores públicos associados nos dias de evento.

CONSÓRCIOS 

Atualmente, existem sete Consórcios Públicos em MS, três dos quais, funcionam na sede da Assomasul, que são Cidecol (Consórcio Intermunicipal Para o Desenvolvimento da Costa Leste), Cidema (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Integrado das Bacias dos Rios Miranda e Apa) e Codevale(Consórcio Público para o Desenvolvimento do Vale do Ivinhema). 

Integram o Cidecol os municípios de Água Clara, Aparecida do Taboado, Cassilândia, Chapadão do Sul, Inocência, Paranaíba, Ribas do Rio Pardo e Selvíria.

Fazem parte do Cidemaos municípios de Aquidauana, Anastácio, Antônio João, Bonito, Bela Vista, Corumbá, Caracol, Corguinho, Camapuã, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Jaraguari, Maracaju, Miranda, Nioaque, Ladário, Porto Murtinho, Rochedo, Rio Negro e Sidrolândia.

O Codevale é composto pelos municípios de Anaurilândia, Angélica, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Glória de Dourados, Ivinhema, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Santa Rita do Pardo e Taquarussu.

INTERIOR

Com sede no interior, funcionam o Cidem (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento dos Municípios Impactados pela BR-163), Cointa (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Taquari), Conisul (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento da Região Cone Sul de Mato Grosso do Sul) e Cideco (Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Colônia).

Cidem é composto por Bandeirantes, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Coxim, Douradina,Dourados, Eldorado, Itaquirai, Jaraguari, Juti, Mundo Novo, Navirai, Nova Alvorada doSul, Pedro Gomes, Rio Brilhante, Rio Verde de MT, Rochedo, São Gabriel do Oeste e Sonora.

Cointa é representado por Alcinópolis, Bandeirantes, Camapuã, Costa Rica, Coxim, Pedro Gomes, Rio Verde, São Gabriel do Oeste e Sonora.

Representam o Conisul os municípios de Mundo Novo, Japorã, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Naviraí, Jutí, Tacuru, Sete Quedas, Paranhos, Amambai, Coronel Sapucaia e Aral Moreira.

Já o Cideco é integrando pelos seguintes municípios: Deodápolis, Douradina, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Jatei, Nova Alvorada do Sul, Novo Horizonte do Sul, Rio Brilhante e Vicentina.