Skip directly to content

Com apoio da Assomasul, governo cria controle sanitário nas divisas de outros estados

Data: 
24/03/2020 - 07:21
Vista aérea da cidade de Bataguassu

 

Willams Araújo

 

Com apoio da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o governo de Mato Grosso do Sul anunciou na segunda-feira (23) o controle sanitário nas 13 divisas do Estado com outras unidades federativas, com o objetivo principal de evitar a transmissão do coronavírus.

 

A medida foi decidida após o governador Reinaldo Azambuja ouvir as recomendações técnicas da Secretaria de Estado de Saúde.

 

Ontem mesmo, o presidente da entidade municipalista, Pedro Caravina, passou para os prefeitos os 13 pontos de controle sanitário e falou sobre a importância do trabalho em conjunto que está sendo feito no Estado no combate do avanço da pandemia do Covid-19 (coronavírus). 

 

“Não é uma barreira, porque não é um fechamento, como o Governo Federal determinou nas fronteiras internacionais. Nós estamos mantendo o controle sanitário nas 13 entradas do Estado, por profissionais da saúde, por policiais treinados, por equipes da nossa vigilância sanitária epidemiológica que, através da Iagro, vão controlar, dialogar com as pessoas que adentram ao Estado e verificar se tem algum sintoma até para os encaminhamentos”, atesta o executivo.

 

A implantação do controle sanitário nas 13 saídas do Estado a partir de segunda-feira e será implantada nas vias que ligam Mato Grosso do Sul aos estados de Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Paraná.

 

Confira os pontos de controle sanitário

 

1 – Mundo Novo - Posto Fiscal Ilha Grande 

2 – Bataguassu - Posto Fiscal XV de Novembro  

3 – Três Lagoas - Posto Fiscal Jupiá  

4 – Aparecida do Taboado - Posto Fiscal Itamarati 

5 – Brasilândia - Posto Fiscal João André  

6 – Anaurilândia / Primavera  

7 – Naviraí - Icaraíma – Porto Camargo 

8 – Serviria  

9 – Paranaíba  

10 – Cassilândia  

11 – Chapadão do Sul - 

12 – Sonora - Posto Fiscal Sonora 

13 - Costa Rica