Skip directly to content

Caravina divulga em revista primeiro ano de mandato

Data: 
09/03/2018 - 11:15
Exemplares da revista Assomasul Informa (foto: Edson Ribeiro)

Willams Araújo

A Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) começou esta semana a distribuição de exemplares da revista "Assomasul Informa" com notícias das principais ações do primeiro ano de mandato da atual diretoria, presidida pelo prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina, enfocando em sua capa as "conquistas municipalistas". 

A publicação, feita em papel couchê e com todas as páginas coloridas, destaca, além da luta incessante do municipalismo por meio das marchas a Brasília e outros movimentos em busca de mais recursos, a concretização do sonho da entidade em adquirir a área definitiva de sua sede própria e outros avanços em parceria com os poderes constituídos.

“À base do diálogo aberto com as autoridades constituídas, concluímos esse primeiro ano de mandato com a consciência do dever cumprido. A nossa esperança ainda é que 2018 seja muito melhor, repleto de grandes realizações, visando o alcance de nossos ideais municipalistas de maneira mais ampla”, diz Caravina, em artigo com chamada na capa da revista, ilustrada com a fotografia da fachada da sede da associação.

Entre as manchetes principais destacam-se “Credibilidade da Assomasul traz órgãos governamentais para dentro de suas dependências”, referindo-se ao programa BNDES em Ação no qual os prefeitos foram recebidos por vários setores do governo federal; "Normativa que regula multas no TCE-MS provoca polêmicas e preocupações” e “Apoio da bancada tem sido importante para os municípios”.

A edição também dá ênfase a matérias como “Intermediação da Assomasul garante compra de medicamentos”, “Forte incentivo e apoio à manutenção dos Consórcios Públicos”, "Municipalização do trânsito e núcleo de perícia regionalizado são prioridades”, "Copa Assomasul cresce em número de participantes a cada competição”, “Boa relação institucional motiva alternativas de investimento nos municípios”, “Municípios travam batalha permanente por divisão justa do bolo tributário nacional” e “Reajuste do transporte escolar alivia contrapartida das prefeituras”.

Além das prefeituras, os exemplares serão distribuídos entre outros órgãos públicos, entre os quais, a CNM (Confederação Nacional de Municípios), Assembleia Legislativa, Governo do Estado, Tribunal de Justiça, MPE-MS (Ministério Público Estadual), MPF (Ministério Público Federal), TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado) e para os representantes de MS no Congresso Nacional (Câmara e Senado), segundo o diretor-executivo da Assomasul, José Domingues Ramos, o Zé Cabelo.