Skip directly to content

Movimento municipalista convida Temer para debater pauta prioritária na Marcha

Data: 
09/05/2017 - 16:00
Agência CNM
Presidente Michel Temer

O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, e representantes das entidades estaduais estiveram reunidos nesta quarta-feira, 3 de maio, com o presidente Michel Temer.  A reunião teve como ponto principal formalizar o convite ao chefe de Estado para participar e debater a pauta municipalista durante a abertura da XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

Ziulkoski destacou pontos da Previdência que foram abordados na reunião. Um deles trata do parcelamento das dívidas dos Municípios. O líder municipalista deu detalhes sobre o assunto. “A gente colocou a nossa posição que é 1% da receita corrente líquida, liberando da multa e cobrando a metade dos juros e dando um prazo de 240 meses para os Municípios”, explicou.

O presidente da CNM lembrou que essa solicitação não resolve o problema dos Municípios, mas ajuda momentaneamente. “Pelo menos temporariamente dá um fôlego para que haja regularidade e dá um alívio para que o prefeito possa regularizar a situação do seu Município porque a correção é feita pela Selic e a receita não aumenta por conta que o Produto Interno Bruto não (PIB) está crescendo. Aí a arrecadação se mantém estável”, detalhou.

Outros pontos
Os municipalistas também entregaram ao presidente um ofício com as principais solicitações dos Municípios. O documento elenca reivindicações como a derrubada do veto ao projeto que descentraliza a arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS) incidente sobre os serviços de administração de cartões de leasing e planos de saúde para onde são realizadas as operações.

Ainda consta no ofício pedidos referentes às ações Diretas de Inconstitucionalidade que promovem a descentralização na distribuição das receitas de royalties do petróleo. “Tudo foi entregue e discutido. Tem questões que envolvem o Judiciário como a dos royalties. Falta decisão. Tem ações no Supremo, no Congresso e outras dependem do Poder Executivo. A gente entregou essa pauta e vamos tentar interagir nos próximos dias e ver onde pode andar e melhorar”, disse Ziulkoski.

Reunião na Secretaria de Governo

Mais cedo, a comitiva do movimento municipalista esteve no gabinete do ministro – chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Antônio Imbassahy. Ziulkoski e os presidentes das estaduais também entregaram a pauta prioritária dos Municípios ao ministro e fez o convite para que ele participe da Marcha.

Participaram das reuniões no Palácio do Planalto o presidente da Associação Mineira de Municípios, Juvan Lacerda; o presidente da Associação dos Municípios do Paraná, Marcel Micheletto; o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga; o presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Paulinho Sérgio, o presidente da Associação Tocantinense de Municípios, Jairo Mariano; o primeiro – tesoureiro da CNM, Hugo Lembeck, o primeiro – secretário da CNM, Eduardo Tabosa, dentre outros municipalistas.