Skip directly to content

Com o apoio do Governo, indústria gera 560 empregos em Chapadão do Sul

Data: 
10/05/2017 - 15:00
Campo Grande
Reinaldo durante visita ao município

O governador participou nesta terça-feira (9.5) da inauguração da unidade de produção de açúcar mascavo (VPH) da Usina “Iaco Agrícola” de Chapadão do Sul. Com injeção de R$ 83 milhões na economia da região, a empresa ampliou sua planta industrial e gerou 560 novos empregos. Durante o evento, Reinaldo Azambuja lembrou que a criação da planta de açúcar nasceu de um desafio feito por ele aos empresários e acabou desafiado em troca de nova ampliação da unidade.

A indústria produzia álcool anidro e o hidratado e, agora, projeto a produção de 200 milhões de litros de álcool e 200 mil toneladas de açúcar no período de oito meses (safra). Isso representa a produção de 28 mil sacos de 50 quilos cada por dia. Durante a safra sairão da unidade de açúcar 200 mil toneladas no período de oito meses. O montante equivale a 5,5 mil carretas carregadas (675/mês ou 30 veículos/dia).

Reinaldo Azambuja destacou a importância de incentivar investimentos na economia dos municípios e reafirmou que o governo continuará parceiro para o desenvolvimento das regiões, integrando-os e gerando oportunidades.

“Fiquei muito contente quando nós estivemos aqui, em 2015, e fizemos a pavimentação da MS-425. Eu fiz um desafio ao Edson e disse: pavimento a rodovia, mas você vai me prometer que vai construir a fábrica de açúcar para gerar mais oportunidades de trabalho às pessoas da região. O asfalto ficou pronto ano passado e hoje nós estamos concretizando esse desafio com a inauguração da fábrica”, comemorou.

O superintendente da Iaco, Edson Rocha, disse que a movimentação de mercadorias aumentará a cadeia de serviços em Chapadão do Sul, haja vista que o trabalho industrial tem expediente de 24h. “Hoje começam a ser carregados os primeiros caminhões de açúcar”, afirmou.